• Elevador Centrífugo
  • Elevador Centrífugo
  • Elevador Centrífugo

Atende as mais exigentes necessidades de transporte de cereais, produtos granulados ou farelados. Os elevadores centrífugos da TNL TECNAL são produzidos dentro dos mais rigorozos padrões de qualidade. O cabeçote superior é robusto e com placas para desgaste de UHWM em todos os pontos de contato com o produto transportado, a tampa superior bipartida e articulável, permite um acesso rápido ao tambor superior. Mancais tipo SNH-TG, com rolamentos auto-compensadores e tambor emborrachado e ranhurado em todos os modelos e alturas de elevador

Os lances possuem perfis das pernas com dobras adicionais que elevam a resistência à compressão e lance de inspeção com janelas amplas para a montagem da correia e das canecas.

O cabeçote inferior  é dotado de janelas laterais, em ambos os lados, para a manutenção do tambor inferior, mancais tipo SNH-TG, com rolamentos auto-compensadores. O esticamento  é feito através de parafusos ou automático (opcional). O tambor inferior, tipo gaiola, tem desenho que facilita a saída de material de seu interior. As bicas de alimentação,  revestidas com UHWM, foram projetadas para otimizar o enchimento  das canecas. As canecas podem ser em 3 opções, metálica normal com fundo, metálica de alto rendimento sem fundo e plástica de alto rendimento com fundo.

Para maior segurança e facilidade na manutenção os elevadores centrífugos da TNL Tecnal possuem escadas em perfil dobrado, com degraus a cada 285mm, parafusadas em todo o corpo do elevador, a partir do piso, proteção para escada, tipo gaiola (guarda-corpo), a partir  de 2m do piso, plataforma de manutenção do cabeçote superior, com piso antiderrapante e de fácil acesso, através de  alçapão e cabo Trava-Queda ø 5/16", atendendo a norma NR 12.

Como opcionais oferece, sensores de velocidade, sensores de desalinhamento de correia, bocas de explosão, coifas de aeração, lubrificadores automáticos para rolamentos e roletes de guia da correia.

 

  • Desgaste reduzido das caneca;
  • Baixa manutenção;
  • Operação em regime contínuo.

 

Capacidade: até 2.000 t/h